Home Artigos Um adeus com dignidade

Ter um animal em casa é sempre uma alegria e conviver dia a dia com o bichinho o torna um membro da família. Porém, infelizmente os animais vivem muito menos que os humanos, e eventualmente, temos que lidar com suas perdas. Além da dor, o dono muitas vezes se depara com a dúvida do que fazer com seu bichinho, para onde levá-lo, quanto custará, entre outros. O PetShop RJ esclarece suas dúvidas e apresenta as melhores opções para guiá-lo durante essa decisão.

 

Por conta própria:

Enterrar o bichinho no quintal de casa é uma opção muito comum, pois é uma forma de deixá-lo próximo. Contudo, animais vítimas de viroses ou doenças transmissíveis ao homem, como toxoplasmose, leptospirose, raiva etc, devem ser cremados obrigatoriamente, zelando pela saúde das pessoas ao redor e evitando a contaminação do solo e dos lençóis freáticos. Em outros casos, o corpo do pet deve ser embalado num saco plástico resistente e fechado hermeticamente, antes de enterrado.

 

Cremação:

A cremação é a opção mais segura e higiênica. Além das clínicas particulares, a prefeitura do Rio de Janeiro dispõe de serviços de cremação que variam de R$ 10,25 (cremação coletiva) a R$ 171,20 (cremação individual). No procedimento individual, o dono tem a opção de levar a urna com as cinzas para casa, ou jogá-las no jardim do crematório.

 

Cemitério de animais:

Em algumas cidades, já existem cemitérios para animais. Esses locais precisam ter permissão da prefeitura para o seu funcionamento, e a saúde pública é priorizada através das exigências da vigilância sanitária, cada dia mais rigorosas. O corpo do bichinho é guardado em um caixão de alvenaria e o dono pode escolher uma lápide com frase e foto. Contudo, quanto mais detalhes, maior o preço. Na prefeitura, o valor para sepultamento chega a R$ 285,00 (por dois anos), e caso seja renovado por mais um ano, é cobrado uma nova taxa de cerca de R$ 150,00.

 

Recolhimento seletivo:

Outra opção para quem perde o animal é contatar diretamente a empresa de recolhimento seletivo, ligada aos centros de zoonoses das cidades. Para isso, o dono deve embalar o animal em dois sacos plásticos e ligar para a instituição. O cliente não deve ser cobrado por esse serviço.

Lembrando que se você for cuidar de um novo pet, é necessário limpar a casa com desinfetante, para que não fiquem doenças no ambiente que possam contaminar o novo filhote.

 

No site da prefeitura do Rio, é possível ver valores para outros serviços e saber como contratá-los:

UJV Medicina Veterinária- Prefeitura do RJ
Centro de Controle de Zoonoses RJ
Cemitério de Cães- Marambaia, RJ

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35024

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...