Home SuperDicas Prevenção: remédio contra carrapatos e pulgas

Por mais cuidado que se tenha, os pets estão quase sempre sob a ameaça de um parasita, como os carrapatos ou as pulgas. Seja no contato com outros animais, no ambiente em que vive ou num rápido passeio pela rua, os cães correm o risco de se infestar. Para evitar o mal, a melhor receita é fazer uma boa prevenção.

No caso dos carrapatos, que se alimentam do sangue dos animais, é possível contar com medicamentos próprios para impedir a ação desses parasitas. Os remédios se apresentam na forma de comprimidos, pastas, líquidos ou em soluções, neste caso para aplicação no dorso do pet.

Além da medicação, a higiene rotineira do local onde o animal vive é fundamental, pois evita que os carrapatos trazidos das ruas infestem o ambiente. Ao encontrar este parasita preso à pele do pet, não tenha dúvida em procurar o atendimento veterinário. Nunca esqueça que os carrapatos são vetores de algumas doenças.

Outra ameaça constante à saúde dos cachorros são as pulgas, que também vivem à base do sangue do animal. Os ovos e larvas deste parasita operam como os principais vilões, pois provocam o desenvolvimento das pulgas num determinado ambiente.

Resistentes aos tratamentos, as pulgas podem atuar por mais de cinco meses. Por isso, o tratamento precisa ter precisão cirúrgica para evitar a proliferação destes parasitas. Existem produtos específicos, usados em sprays, coleiras ou soluções, para atacar tais parasitas.

O mercado oferece, atualmente, produtos líquidos para serem aplicados diretamente na pelo do animal. Outro cuidado básico é evitar o desenvolvimento das pulgas no ambiente, por meio de reguladores de crescimento de insetos. A solução ajuda a evitar o desenvolvimento de ovos e larvas.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35559

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...