Home Artigos Mangalarga Marchador é do Brasil

Depois de virar samba-enredo em escola de samba em 2013, a raça Mangalarga Marchador ganhou um novo status. No dia 19 de maio, a presidente Dilma Rousseff sancionou lei, a nº 12.975/14, que declara esta uma raça nacional de cavalos.

Agora, esta raça, criada há dois séculos no país, é considerada tipicamente brasileira. Sempre bem vista e admirada pelo porte e elegância mesmo com seus traços rústicos, a raça Mangalarga Marchador conquistou os criadouros brasileiros, a partir do seu surgimento em 1812 no sul de Minas Gerais.

O Mangalarga Marchador é proveniente do cruzamento da raça Alter-Real – trazida de Alter do Chão, em Portugal, pelos nobres da Corte e pelo próprio imperador D. João VI – com outros cavalos selecionados pelos criadores da região mineira. A raça Alter provém da região de Andaluzia, na Península Ibérica.

Os especialistas da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador explicam que esse cavalo pode ser montado por pessoas de qualquer faixa etária e nível de equitação.

Como características principais, o Mangalarga Marchador possui grande capacidade para percorrer longas distâncias e enfrentar desafios naturais. Em relação a outras raças de sela, tem adestramento fácil e rápido.

O animal pode ser criado somente em regime de pasto, com custo baixo de produção e manutenção, e facilidade de manejo. A rusticidade é observada também na facilidade de adaptação a quaisquer terrenos e climas, como o tropical, temperado ou frio.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35022

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...