Home Artigos Entrevistas Acupuntura veterinária agora é reconhecida

Assim como já acontece com a medicina veterinária intensiva, a homeopatia, a anestesiologia, a cirurgia, a patologia em animais, a oncologia e a dermatologia, acupuntura veterinária foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) como especialidade da área. Resolução que regulamenta a profissão foi publicada no dia 27 de fevereiro.

Parte do conjunto de técnicas de medicina complementar, a acupuntura funciona como alternativa eficiente no tratamento de quadros neurológicos, como no combate a sequelas da cinomose e lesões neurais, entre outros.

Este tipo de tratamento, assim como a homeopatia, já está consolidado e conta com respaldo científico. A acupuntura é bem utilizada na medicina veterinária esportiva, mas seu maior uso se dá no tratamento de animais de companhia.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Acupuntura Veterinária (Abravet), o país conta atualmente com cerca de 500 profissionais atuando na medicina veterinária. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul concentram a maior parte deles.

“Há no Brasil cursos de pós-graduação e o primeiro programa de residência em acupuntura da América Latina, na Universidade Estadual de São Paulo – Unesp”, contou o Jean Joaquim, presidente da Abravet.

Com o avanço da medicina veterinária, acrescenta ele, o longevidade dos animais ficou maior. “Isso faz com que aumente a abrangência da acupuntura no tratamento das patologias decorrentes do tempo, como degeneração do sistema nervoso, óssea e muscular”, analisou.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33343

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...