Home Artigos Notícias Inverno, pets e o risco de contrair alergias

O inverno, com sua temperatura mais baixa, é sempre uma época de risco para a saúde de todos. Afinal, o tempo frio costuma aumentar os riscos de contração de doenças respiratórias. Além do tempo frio, quem tem cães e gatos dentro de casa também pode sofrer com espirros constantes, escorrimento de secreção pelo nariz ou inchaço nos olhos, todos sinais de alergia.

No contato com os pets, isso pode acontecer devido às características físicas dos animais, pois seu epitélio (pelo) provoca o desencadeamento de sintomas alérgicos. As reações tornam-se mais comuns na época do ano em que o ar se manifesta mais seco.

Os casos de alergias acontecem porque nesta época a incidência de partículas de poeira suspensa no ar fica maior. A combinação do pelo dos animais com o surgimento de ácaros desencadeia uma série de sintomas alérgicos.

Para não correr riscos de contrair uma crise alérgica, a melhor receita é evitar o agente causador das manifestações. Ou seja, se o contato com o seu animal é o motivo da alergia, procure ficar distante dele, o que nem sempre é fácil para quem vive em ambientes menores como os apartamentos.

No caso de quem tem gato, esta tarefa é muito mais difícil. Em algumas situações, o epitélio do felino pode ficar no ambiente por seis meses depois que você retira o animal do ambiente, de acordo com Laura Lasmar, pneumologista e professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33987

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...