Home Artigos Ciência explica por que os cães se cheiram na região anal

Quando a gente vê na rua, normalmente, acha estranho e até mesmo nojento. No entanto, a prática de um cachorro cheirar a região do ânus de outro faz parte da vida desses animais, que, assim, conseguem descobrir muita coisa sobre o outro pet.

Pelo menos esta é a conclusão dos pesquisadores para este tipo de ação que costuma também provocar risos e olhares de repúdio das pessoas. Com esta prática, de acordo com os estudiosos, os cachorros podem descobrir uma série de características do outro animal.

Ao cheirar a região anal de outro cão, o animal consegue, por exemplo, identificar aspectos como gênero, estado emocional, dieta e idade do outro animal, segundo os pesquisadores.

De acordo com os estudiosos, isso acontece por meio do órgão de Jacobson, uma glândula especial que os cães possuem. Ao cheirar outro animal, as informações químicas, descartados os odores inúteis, são enviadas ao cérebro. Com isso, o animal fica conhecendo algumas características do outro.

Esta capacidade de reconhecimento também é justificada pelo fato de os cachorros terem um olfato muito mais apurado do que o ser humano, sendo de 10 mil a 100 mil vezes mais desenvolvido. Veja vídeo da American Chemical Society sobre o ato de os cães se cheirarem na região do ânus.

 

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33255

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...