Home Artigos Problemas de visão atingem cachorros de todas as idades

As doenças oculares podem ser adquiridas antes do nascimento, durante a velhice ou até mesmo ser disparada por algum acidente, e tratar no início é fundamental para eliminar qualquer embaraço e abrandar futuras complicações.

As alterações oculares apresentam bons prognósticos quando descobertas cedo, sendo possível obter cura para a ceratite e ótimos resultados no tratamento da catarata e do glaucoma.

Os sintomas gerais são alteração na coloração dos olhos, irritação, lacrimejamento, secreção e piscadelas frequentes. Aos sinais serem percebidos, devem imediatamente levar seu bichinho a um veterinário, que através de exames oftalmológicos poderá descobrir a enfermidade e o melhor modo de trata-la.

Veja as principais doenças:

Catarata:

É uma doença em que o cristalino – lente interna dos olhos – fica opaco e não permite que a luz chegue na retina, bloqueando a visão. Para esse caso, a melhor opção é a correção, que retira esse cristalino. As raças poodle, Cocker, schnauzer, yorkshire e lhasa possuem mais risco de obterem.

Ceratite:

Caracterizada por uma inflamação na córnea, pode ser originada pela fragilidade ocular, pelo posicionamento dos cílios ou por um trauma. O tratamento é feito através de antibióticos orais e colírios. É importante que o cão não coce o local pois as bactérias das unhas agravam a lesão. As raças que possuem olhos grandes, como o shi tsu, buldogue e lhasa devem ter mais cuidado pois como a região ocular é maior, as lágrimas evaporam com facilidade, deixando os olhos com pouca proteção natural.

Glaucoma:

A incurável doença eleva a pressão intraocular, e aos poucos, causa a morte das células do nervo óptico, acarretando a cegueira. Se o glaucoma for descoberto no início, há a possibilidade de tratar com aplicações intravenosas de diuréticos, que facilitam a drenagem do globo ocular, aliviando a pressão. Raças como o Cocker, sharpei, basset, beagle, samoieda e husky tem mais riscos, e o aparecimento do problema surge entre os 4 ou 5 anos de idade.

Os primeiros exames oftalmológicos devem ser realizados antes dos dois anos de idade, e a partir dos dez anos a frequência dos exames deve ser anual, mesmo que não apareçam sintomas.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34928

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...