Home Artigos Na luta pelo fim dos maus tratos contra os animais

A Comissão de Ética, Bioética e Bem-estar Animal (CEBEA) do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) iniciou, em reunião no mês passado, o planejamento das ações e campanhas para os próximos anos. Uma das ações da comissão é abordar, com os profissionais de Medicina Veterinária e Zootecnia e com a sociedade, questões relacionadas aos maus tratos, abuso e crueldade com animais.

A CEBEA também pretende atuar em conjunto com as demais comissões do CFMV em temas afins.“Também queremos trabalhar a importância do controle da dor em todos os procedimentos com potencial de gerar dor nos animais”, afirma a presidente da CEBEA, Carla Molento. Os outros médicos veterinários que integram esta comissão são Ceres Berger Faraco, Ingrid Bueno Atayde, Paloma Bosso e Jorge Luiz Ramella.

O grupo também discutiu o planejamento do 4º Congresso Brasileiro de Bioética e Bem-estar Animal marcado para o primeiro semestre de 2017 e estratégias para colaborar com o ensino de Ética, Bioética, Bem-estar animal e Etologia nos cursos de graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia.

O presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, afirma que o bem-estar animal faz parte do debate internacional e que, já se constitui em barreira comercial aos países que não atendem às regras, principalmente, da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

“Os médicos veterinários e zootecnistas devem estar preparados para orientar os produtores de alimentos de origem animal sobre as regras a serem obedecidas. A bioética também tem a importância na formação de um profissional humanista e participativo na sociedade”, afirma Arruda.

A CEBEA, que terá sua próxima reunião no mês de julho, aproveitou o encontro para se reunir com representantes da Comissão Técnica de Bem-estar Animal do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Foram apresentados temas e trabalhos que podem resultar em ações conjuntas do CFMV com o MAPA.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33987

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...