Home Artigos Notícias Valorização da medicina veterinária na ordem do dia

Buscar a valorização da categoria junto a sociedade. Este é o principal objetivo da nova gestão de Benedito Fortes de Arruda, reeleito na quarta-feira, dia 23 de abril, para mais um mandato na presidência do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). O novo mandato de Arruda terá início em 18 de dezembro deste ano.

Candidato único, Arruda obteve 76% dos votos válidos. A direção do CFMV será compartilhada por Luiz Silva Costa, eleito vice-presidente; Marcello Rodrigues da Roza, secretário-geral; e Amilson Pereira Said, novo tesoureiro. Com isso, toda a diretoria será formada por médicos veterinários.

“Os médicos veterinário e os zootecnistas dão grande contribuição para o desenvolvimento econômico, social e político brasileiro, por isso queremos prepará-los para enfrentar os desafios que se apresentam para os próximos 20 anos”, explica Arruda, ressaltando o foco principal de sua nova gestão.

No novo mandato, o presidente reeleito tem alguns desafios para enfrentar. Entre eles, estão a necessidade de produção de alimentos que sejam inócuos para o ser humano e a produção sustentável de carne e leite com o objetivo de proteger o meio ambiente.

Arruda também quer consolidar conquistas obtidas por médicos veterinários e zootecnistas. Entre elas está a inclusão da medicina veterinária no Simples Nacional, projeto que será votado no dia 29 de abril, na Câmara dos Deputados.

Benedito Fortes de Arruda é formado em Medicina Veterinária pela Escola de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Goiás em 1973. Ele também se graduou em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás em 1983.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34928

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...