Home Artigos Um Mastim Tibetano de R$ 4,5 milhões

Um ano de idade, 90 quilos e um valor milionário. Este é um breve perfil do cão da raça Mastim Tibetano, vendido na China, na província de Zhejiang, por 12 milhões de yuanes, correspondente a R$ 4,5 milhões.

Segundo divulgado pela imprensa chinesa, este é um dos mais altos valores já pagos para a compra de um cachorro no mundo. O animal, um símbolo de status social para os endinheirados do país asiático, foi comprado por um promotor imobiliário.

É comum comparar os Mastins Tibetanos com os leões devido à semelhança de pelagem. “Têm sangue de leão e são a flor e a nata dos machos reprodutores na família dos Mastins”, afirmou a um jornal da China o criador Zhang Gengyun.

Capaz de se adaptar às condições climáticas extremas e à altitude, o Mastim Tibetano é muito admirado pelos pastores nômades da Ásia Central.

Considerados cães de guarda e muito leais, às vezes podem exibir um comportamento mais agressivo. A raça, conhecida inicialmente como Mustsffa ou Mastiff, foi recriada em 1800 pelos britânicos, após ser declarada extinta.

Os cães desta raça tem expectativa de vida entre 10 e 12 anos. Os machos chegam a medir de 66 a 76 centímetros, pesando de 45,4 a 72,6 quilos. As fêmeas medem de 61 a 71 centímetros, como peso que varia de 34 a 54,4 quilos.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35051

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...