Home SuperDicas Tosa de pet no verão exige cuidados

Com a chegada do verão e das altas temperaturas, é comum vermos cães deitados no piso frio, ofegantes e com a língua toda para fora. Nesta época é normal ficar em dúvida se devemos, ou não, tosar o animal para aliviar o calor que ele sente.

A pelagem atua como um isolante térmico e evita que o animal perca ou receba calor em excesso. Diferente dos humanos, cães e gatos não têm glândulas sudoríparas, que produzem suor para regular a temperatura corporal, sendo assim, a troca de calor deles é feita na respiração e nos coxins (almofadinhas das patas). Por esta razão os cuidados com a pele e a pelagem do seu pet devem ser redobrados durante o verão.

“Com a chegada do verão e dos dias mais quentes, devemos aumentar os cuidados com os nossos pets”, alerta Waldecir Silva, Groomer Referência e coordenador de estética da Pet Society. Muitos acreditam que somente a tosa pode aliviar a sensação de calor do animal de estimação, mas Waldecir destaca que eles precisam do pelo para proteger a pele: “A tosa pode ser feita, mas se retirarmos todo o pelo do animal ele ficará desprotegido, podendo desenvolver sérios problemas de pele devido à exposição à luz solar”.

Alguns cuidados básicos podem ser adotados no dia a dia para aumentar a sensação de conforto térmico do animal. Banhos e hidratações mais frequentes, utilizando shampoos específicos para animais de estimação e escovação diária com Fluído Desembaraçador Mega para remover os pelos mortos e arejar a pele são medidas que ajudam a manter a saúde e a beleza da pele e pelagem.

“Há tosas que diminuem o volume da pelagem e embelezam o animal sem prejudicar a proteção da pele, neste período de intenso calor. A escolha certa do tipo de tosa e de um profissional de confiança é essencial”, alerta Waldecir Silva.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35552

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...