Home Artigos Sangue nas fezes dos pets pode acusar problemas no organismo

Animais saudáveis apresentam as fezes bem durinhas e de coloração marrom. Qualquer alteração de cor, consistência, presença de sangue ou muco pode indicar sérios problemas e diante de qualquer um desses sinais é essencial que o animal seja encaminhado para um médico veterinário, pois quando mais demora, os sintomas podem se agravar e o tratamento ser mais complexo.

A presença de sangue indica que o animal tem alguma lesão interna, o que pode levar a uma infecção bacteriana. Se as fezes estiverem em um tom vivo, pode ser um sangramento no intestino, chamado de Hematoquezia, já se estiverem em um tom escuro, pode ser um sangramento no trato gastrointestinal, conhecido como Melena.  Junto ao sangue, alguns sintomas podem surgir, como febre, vomito, perde de apetite, dor abdominal e letargia.

Se esses sintomas persistirem por mais de dois dias é imprescindível uma visita ao veterinário, pois pode se tratar desde parasitas e vermes, como a tênia e lombrigas; ação de protozoárias, como a Giárdia, Coccidiose e Amebíase; viroses e até neoplasias situadas no trato gastrointestinal. Em alguns casos mais isolados, a causa também pode ser por intoxicação alimentar ou envenenamento, o que aumenta a gravidade das hemorragias.

O tratamento mais comum é feito com vermífugos específicos para o verme detectado e com um jejum alimentar por um período de seus a oito horas, o que ajuda na diminuição da evasão de sangue.

É importante que a vacinação e a vermifugação sejam feitas anualmente, evitando esse tipo de problema. Além disso, nenhum medicamento deve ser administrado sem consulta prévia de um especialista, pois muitas vezes, uma dosagem errada pode ser suficiente para piorar o caso e diminuir as chances de cura.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33297

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...