Home Artigos Notícias Rio na luta para resgatar animais das ruas

Rio-na-luta-para-resgatar-animais-das-ruas

Quem anda pelas ruas do Rio de Janeiro se depara com uma cena cada vez mais comum, em todas as regiões da cidade. A constatação é que o número de animais abandonados, sobretudo cães, está em franco crescimento. Embora a prefeitura faça um trabalho de recolhimento dos animais, as estatísticas, que certamente não refletem a dura realidade, só fazem aumentar.

Levantamento feito pela Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA), entre janeiro e agosto deste ano, mostra um panorama do que acontece no centro de proteção animal da Fazenda Modelo, em Guaratiba, na Zona Oeste da cidade.

Por exemplo, em junho, o centro resgatou 96 animais das ruas. No mês de agosto, este número caiu para 46. Ao todo, até agosto deste ano, 468 animais foram resgatados das ruas.

Os dados também revelam que o número de adoções feitas no centro da Fazenda Modelo caiu, de junho para agosto, passando de 68 para 54. Nos primeiros oito meses deste ano, o centro registrou um total de 357 adoções.

Trabalho externo

Nas iniciativas para aumentar o número de adoções, a SEPDA também promove trabalhos externos, em parceria com uma série de entidades da área de proteção animal. Apesar de ainda apresentar números relativamente pequenos, este tipo de ação mostra que este é um bom caminho para dar um novo lar aos animais.

No levantamento feito pelo órgão, nota-se um bom incremento nas adoções a partir do mês de junho, quando a prefeitura colocou nas ruas o programa Maratona da Adoção. Entre janeiro e agosto, a iniciativa totaliza 371 animais adotados, sendo 274 cães e 97 gatos.

Esterilização em crescimento

Além de abrir um espaço direto para os animais encontrarem um novo lar, a Maratona da Adoção, que acontece em diversos bairros da cidade, oferece outros serviços, como o agendamento de esterilização.

De junho a agosto, o número de agendamentos chegou a 3.457, o que vai refletir no avanço da estatística de esterilização. E revelam ainda a preocupação dos tutores em fazer o controle da natalidade dos animais.

A Maratona da Adoção vem estimulando também a vacinação antirrabica, que no mês de agosto alcançou a marca de 5.096, sendo 3.974 cães e 1.122 gatos. Nos oito primeiros meses do ano, o número de animais vacinados chegou a 14.246, dos quais 11.552 cachorros e 2.694 felinos.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34039

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...