Home Você Sabia? Veja como se prevenir de série doença contagiosa em gatos

Espirros constantes, febre, conjuntivite e salivação excessiva. Se o seu gato apresenta tais sintomas, fique atento, pois ele pode estar com Rinotraqueíte Viral Felina (RVF), doença que faz com que 80% dos felinos carreguem o vírus para o resto da vida. A receita mais eficaz para esta enfermidade é a vacinação.

Os gatos que contraem a doença podem sofrer muito com febre, coriza, depressão, anorexia, desidratação ou conjuntivite. Causada por um herpesvírus (FHV-1), a Rinotraqueíte é altamente contagiosa, sendo responsável por cerca de 45% das infecções respiratórias felinas.

Nas infecções crônicas, em casos de estresse e reativação da replicação do vírus, os sintomas costumam ser mais brandos, com espirros esporádicos e secreção nos olhos e nariz. Embora poucos gatos adultos morram por Rinotraqueíte, a taxa de mortalidade entre filhotes afetados pela doença pode chegar a 60%, segundo dados de estudos.

A doença é transmitida por contato direto, de forma bastante semelhante à gripe humana, por meio do contato com as secreções do nariz ou olhos e também por espirros.

Outra forma frequente de propagação dos vírus da Rinotraqueíte é a transmissão indireta por meio das mãos daqueles que lidam com os gatos ou por utensílios contaminados, a exemplo de vasilhas sanitárias e objetos como camas, cobertas, brinquedos, gaiolas ou até mesmo nas roupas das pessoas que tenham manipulado os animais.

Portanto, a lavagem rotineira das mãos é imprescindível no manejo dos felinos. A desinfecção do ambiente, bem como dos utensílios, é indispensável para eliminação dos vírus.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35051

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...