Home Raças Pug, o “cão que ronca”

Baixinho, troncudo, com cabeça no formato meio arredondado, mas de comportamento dócil e amistoso, sendo, assim, bom para companhia. O perfil é da raça Pug, de origem chinesa. Na China antiga, eram chamados de ba guo, que significa “cão que ronca”.

Alertas na maior parte do tempo, os cães da raça Pug possuem grande capacidade de atenção. Apesar do temperamento dócil, a raça, às vezes, pode se tornar agressiva com pessoas estranhas. No livro “A inteligência dos cães”, ocupa a 53º posição na capacidade de cumprir comandos.

A raça Pug também chama a atenção pelas suas características físicas. Esses cães têm testa enrugada; focinho achatado e quadrado; olhos arredondados, grandes e globular; além de rabo na forma de espiral.

Por conta do tamanho, a raça Pug traz vantagens relevantes para quem quer ter um pet em casa. Estes cães não precisam de muito espaço para viver bem, não precisando de muita atividade física e exigem baixos gastos com cuidados devido a sua pelagem.

Apesar dos muitos pontos fortes, os cães da raça Pug requerem uma atenção especial com a alimentação, pois possuem grande tendência para ficar obesos. A quantidade de ração deve ser limitada. No caso dos cães adultos, a comida deve ser servida duas vezes por dia.

Outra característica bem especial da raça é o seu típico latido, similar a um ronco, daí o seu antigo nome na China. O som emitido é muito parecido com um engasgo.

Perfil da raça

Origem: China
Expectativa de vida: 13 a 15 anos
Tipo de pelagem: fina, curta, macia e lisa
Cores da pelagem: preta, abricó-castanho e prateada
Altura: 25 a 29 cm (machos) e 50 a 55 cm (fêmeas)
Custo médio: entre R$ 1.000,00 e R$ 3.000,00

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35024

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...