Home Artigos Notícias Criatividade e prova de amor para salvar uma Vira-Lata

Cano de PVC, um pedaço de tecido e duas rodas de bicicleta infantil. Com apenas estes recursos, a equipe do Batalhão de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros de Rio Branco, no Acre, deu uma prova de amor muito grande aos animais, ao adotar uma cadela que havia sido atropelada em frente ao quartel.

O resultado desta prova de amor é que a cadela Branquinha virou mascote do batalhão. A ideia de construir a cadeira improvisada partiu do soldado Diego Júnior, que ficou com pena da Vira-lata que, após o acidente, ficou impossibilitada de andar.

O soldado conta que, depois de levar o animal ao veterinário, os bombeiros chegaram até mesmo a pensar em sacrificá-la, uma vez que ela tinha perdido o movimento das patas traseiras. A equipe, então, mobilizou-se e levantou os R$ 70,00 necessários para fazer a cadeira.

“Foi um pouco difícil montar o carrinho, porque foi a primeira vez que fiz isso, foi necessário realizar alguns testes até conseguir finalizar”, contou o soldado, acrescentando que Branquinha ainda está se adaptando à cadeira que ficou pronta há pouco mais de uma semana.

Quem viu o estado de Branquinha quando foi resgatada pelos bombeiros até se surpreende hoje em dia. Bem tratada pela equipe do batalhão, a cadela virou mascote, e tem um tratamento de primeira. Os bombeiros se revezam para cuidar e aplicar os remédios na Vira-Lata.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34948

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...