Home Artigos Notícias Negócios em alta no mercado pet

Os negócios da indústria pet seguem com tendência de alta. O faturamento do setor deve aumentar 8,2% em 2014, atingindo a marca de 16,47 bilhões, de acordo com estimativas da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Em 2013, o crescimento foi de 7,3%.

De acordo com os números da Abinpet, o mercado pet já responde por 0,34% do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Esta indústria envolve negócios nos segmentos pet food (o principal), pet serv (serviços), pet care (higiene) e pet vet (medicamentos veterinários).

Apesar da previsão de crescimento dos negócios, o Brasil continuará como o segundo principal mercado pet do mundo, que este ano deve movimentar US$ 98,4 bilhões. O país só perde para os Estados Unidos, com 30% do mercado mundial. Depois estão Reino Unido (7%), França (5,8%) e Alemanha (5,7%).

As projeções também apontam para um crescimento das exportações brasileiras, com estimativa de crescimento de 22,3% em relação a 2013. Já as importações devem cair quase 70%, mantendo as seguidas quedas verificadas em anos anteriores.

O Brasil vai continuar ainda no segundo lugar em termos de população de cães e gatos, com, respectivamente, 37,1 milhões e 21,3 milhões de animais. O país tem ainda 26,5 milhões de peixes, 19,1 milhões de aves e 2,17 milhões de outros animais (répteis e pequenos mamíferos).

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33253

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...