Home Artigos Entrevistas Indústria pet com negócios aquecidos

O mundo dos negócios pet, indústria que deve movimentar este ano um faturamento de R$ 16 bilhões, está bem aquecido. No mês de outubro, por exemplo, o Grupo InVivo anunciou a compra da Total Alimentos, ambas atuantes no mercado de nutrição animal.

Os valores da transação não foram revelados. No entanto, o negócio não deixa dúvidas sobre o mercado pet do país. Com o negócio, a expectativa é que o futuramento da InVivo no Brasil passe de R$ 700 milhões para R$ 1,2 bilhão.

A estimativa da InVivo é investir R$ 100 milhões no mercado brasileiro, até 2016. Nos últimos sete anos, esta é a quinta aquisição do Grupo. Na lista estão a Zoofort, Cargill Nutrição Animal – Purina, Vitagri, maltaCleyton. A Total Alimentos produz as marcas Max, Equilíbrio, Equilíbrio Veterinary, Líder e Nero.

“A aquisição não só coloca a InVivo como uma das principais empresas de pet food do Brasil, mas a torna ainda maior no mercado de nutrição animal, atingindo um faturamento de cerca de R$ 1,2 bilhão e aproximadamente 2.500 funcionários”, observou Nilton Perez, presidente da InVivo Brasil.

O CEO da InVivo Nutrição e Saúde Animal, Hubert de Roquefeuil, comentou que a aquisição da Total Alimentos fará surgir um novo líder latino-americano em pet food, onde o Grupo já ocupa uma posição importante no México (terceira maior empresa do mercado mexicano).

“Esta aquisição traz também sinergias importantes em termos industriais, logísticos, de compras e inovação. A posição da Total Alimentos em nutrição de animais de produção (gado de leite, equinos e aquicultura), especialmente em Minas Gerais, nos permitirá acelerar o desenvolvimento nesse mercado tão promissor”, afirma Hubert.

No que se refere à gestão da Total Alimentos, a InVivo conduzirá o novo negócio de forma independente de suas outras atividades no Brasil, onde já atua com marcas Socil, Presence (antiga Purina), maltaCleyton e InVivo Mix.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33365

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...