Home Artigos Hora de combater a obesidade canina

A obesidade canina é um assunto que rende muitas pautas nos dias de hoje, buscando a conscientização dos tutores, que, seja por descaso ou por cuidados extremos, prejudicam a saúde dos seus animais. A alimentação pouco balanceada e a falta de exercícios físicos estão entre os principais fatores que incentivam a obesidade canina.

No entanto, os tutores que morrem de medo de deixar seus cães com fome também contribuem para essa grande tendência de engorda. Por temer a fome do animal, o tutor oferece comida demais, facilitando o quadro de obesidade, que traz o risco de sérias doenças.

Embora o assunto já seja frequente e os tutores de animais geralmente saibam que tipos de problemas e doenças a obesidade pode gerar ou facilitar na vida dos cães, ainda há quem ignore um quadro que começa a se formar.

Este é o caso do cãozinho Obie, um Dachshund que chegou a ser considerado um dos cães mais gordos do mundo há pouco mais de um ano. O animal chegou a pesar 35 quilos, quando o normal para um Dachshund é, no máximo, nove quilos.

Com uma cirurgia especial, dieta bem balanceada e, agora, muito exercício, o cachorro conseguiu perder 20 quilos em menos de um ano. Agora, a expectativa é que o animal tenha mais anos de vida. Obie nasceu em 2006.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 33365

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...