Home SuperDicas Fique alerta contra a diabetes nos cães

Adoção de uma dieta diet e doses diárias de insulina. Assim como nos seres humanos, esta rotina também costuma fazer parte da vida dos animais de estimação. Se você não sabia, a diabetes é uma doença que pode acometer, por exemplo, os cachorros.

A primeira coisa que o dono tem a fazer é ficar de olho bem aberto para o comportamento do animal. Se ele está bebendo água além do normal e urinando com mais frequência, desconfie. Procure logo um veterinário para fazer um exame de sangue no pet.

A diabetes reduz a geração de insulina, que é o hormônio responsável pela metabolização do açúcar pelo organismo. Para verificar se está tudo bem com o seu cachorro, o nível de glicemia (quantidade de açúcar no sangue) deve ficar entre 60 mg/dL e 110 mg/dL.

Acima deste nível, significa que o cão tem a doença. A diabetes pode comprometer o funcionamento dos rins, a visão e causar problemas neurológicos no animal. Também altera os níveis de colesterol e triglicérides, trazendo o risco de hipertensão.

A doença tem dois tipos. O tipo 1 ocorre em função de uma alteração genética que reduz a produção de insulina. No caso do tipo 2, sua ocorrência se deve a fatores como o peso acima do normal e o sedentarismo.

Alguns cuidados na alimentação e no nível de atividade do animal, na maioria das vezes, são suficientes para controlar o problema. Tudo sem que o pet mude muito a sua rotina. Uma ração diet e doses de insulina, que supre a falta do hormônio no organismo, além de mais exercícios, ajudam a combater a doença.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35026

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...