Home Artigos Notícias Exportações de produtos pet em alta

De janeiro a junho de 2015, o Brasil exportou mais de US$ 200 milhões em produtos para animais de estimação, entre Pet Food, Pet Care e Pet Vet. O valor também inclui a comercialização de animais vivos. As informações são da Associação Brasileira das Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), que calcula os principais destinos das exportações brasileiras liderados pelo Paraguai (10%), Estados Unidos (5%), Uruguai (5%) e Venezuela (5%).

Na lista dos países de destino dos produtos, seis estão na América Latina. Completando o ranking dos nove maiores importadores, Chile, Colômbia e Alemanha importam cada um 4% da produção pet nacional e Peru e Angola, 2% cada. “O fato de que os Estados Unidos estão entre nossos maiores compradores mostra que o produto pet nacional tem padrão de qualidade mundial”, explica o presidente executivo da entidade, José Edson Galvão de França.

Para ele, os dados compilados provam que o empresário brasileiro precisa buscar seus clientes no exterior e, principalmente, em nossos países vizinhos, que devem cada vez mais adotar o alimento completo industrializado como principal opção.

Produção de Pet Food

A Abinpet revela dados da produção nacional de Pet Food (alimento completo industrializado) durante o ano de 2014. O levantamento mostra que a produção nacional ainda não chega à metade do seu potencial estimado. No entanto, o quadro geral do setor é positivo, já que este ano o mercado pet deve crescer 7,4% sobre 2014, o que significa um valor de R$ 17,9 bilhões de faturamento dos segmentos Pet Food, Pet Vet, Pet Serv e Pet Care.

Especificamente em relação ao alimento para animais de estimação, o potencial ainda de 2014 foi de 5,7 milhões de toneladas, mas o país fabricou menos da metade, 43,1%, o que representa 2,46 milhões de toneladas.

“Isso mostra que precisamos continuar estimulando o mercado, e divulgar os benefícios da comida industrializada, que possui todos os nutrientes e minerais diários necessários para o animal”, explica o presidente executivo da entidade, José Edson Galvão de França.

No Brasil, os cinco estados mais representativos para produção de alimento para animais são, respectivamente São Paulo (28,3% da produção nacional); Paraná (26,1%); Minas Gerais (15,4%); Rio Grande do Sul (7,5%) e Santa Catarina (5,3%).

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34039

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...