Home SuperDicas Eleições 2014: hora de fortalecer os direitos dos animais

O brasileiro voltará às urnas novamente no domingo, dia 5 de outubro, para eleger presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Além de infraestrutura, saúde, educação etc, este é um bom momento para você que gosta de animais escolher também, se possível, políticos que se preocupem com a defesa dos direitos dos animais.

Se você se preocupa com esta causa, então, o passo inicial é escolher candidatos que se envolvam com ela, pois este pode ser o começo na busca por atualizar a legislação brasileira. Neste caso, a dica é procurar conhecer a proposta do candidato para saber se ela está de acordo com as atribuições do cargo que ele, se eleito, exercerá.

No Brasil, de uma forma geral, a questão da defesa dos animais ainda não é uma bandeira forte em nenhum dos níveis, seja federal, estadual ou municipal. Por exemplo, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), relator do projeto de lei que restringe o uso de animais em testes de produtos cosméticos, reconhece isso.

No entanto, o parlamentar está confiante na aprovação do projeto de lei, cuja proposta está em fase de análise. O processo para aprovar o projeto conta ainda com o envolvimento de entidades da sociedade civil e especialistas na questão. O trabalho pode envolver também a realização de uma audiência pública, segundo Ferraço, que tem mandato até 2019.

A escolha de candidatos pelo menos atentos à causa dos animais é importante, sobretudo, para o jogo político nas comissões parlamentares do Senado, da Câmara dos Deputados ou em sessões conjuntas e mistas. É neste ambiente em que são decididas as votações. Ou seja, um bom trabalho aí pode ser o caminho para aprovar uma lei ou rever uma determinada legislação.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 34008

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...