Home Artigos Cílios ectópicos ou distriquíase

Problema comum entre cães e gatos jovens, os cílios ectópicos ou distriquíase, são aqueles cílios que crescem na parte interna da pálpebra – especialmente a superior, e com isso começam a ferir as córneas.

Os primeiros sintomas de que seu bichinho pode ter a doença podem ser observados se ele lacrimejar e piscar os olhos com frequência, como se estivesse incomodado com algo, por mais de 12 horas.

Apenas no veterinário será possível avaliar com certeza se o problema é realmente a distriquíase, pois é necessário observar os cílios com auxílio de uma lente de aumento.

Em alguns casos, dependendo da cor da pálpebra e da cooperação do cão, é difícil identificar se ele possui ou não este problema. Nessas situações, sedação ou anestesia são utilizadas para fazer uma análise mais aprofundada da pálpebra.

Como os cílios possuem um crescimento continuo, com o passar do tempo a situação pode piorar, causando lesões que podem evoluir até para úlceras de córnea. Por isso a importante da visita imediata ao veterinário.

Embora algumas raças sejam predispostas a ter esse problema, como o Dachshund, Lhasa Apso, Pastor de Shetland, Shih Tsu, Golden Retriever, Bulldog Ingles, Boston Terrier e Pug, todas as raças podem ser atingidas.

O tratamento mais comum é a remoção dos cílios desde a raiz, para que não voltem a crescer no mesmo lugar em que foram retirados.

Deixe um Comentário

Anuncie grátis!

OS MAIS VISTOS

2 35026

As imagens são vistas com certa frequência nos postes e muros de ruas, praças e avenidas. Normalmente, uma cópia de xerox preta e branco...